Começa operação fim de ano com fiscalização

A vigilância proporcionada pelas 169 câmeras de monitoramento no centro da cidade ganhou o reforço de 20 homens da Guarda Civil Municipal, que se integraram aos 90 agentes que já fazem a segurança na região. Trata-se da ‘Operação Natal’, deflagrada pela Secretaria de Defesa do Cidadão com o objetivo de aumentar a segurança de consumidores e lojistas. Eles também contam com fiscais do Departamento de Fiscalização de Posturas, que apreenderão materiais vendidos por ambulantes ilegais.

Outro reforço na segurança do centro de São José veio da Polícia Militar, que aumentou o número de homens patrulhando as ruas a pé, de bicicleta e motocicletas. Uma base móvel também é usada. Segundo o comandante da Guarda Civil Municipal, Jorge de Assis Pinheiro, o reforço tem o objetivo de evitar crimes como furtos e roubos, que aumentam nessa época do ano em razão da corrida dos consumidores pelas compras de Natal.

“Como aumenta demais o número de gente no centro, os bandidos também começam a aparecer em maior número. Estamos lá para garantir a segurança”, disse. Entre as orientações de Pinheiro para os consumidores, estão a de não fazer compras sozinhos, levar bolsas coladas ao corpo, de preferência na parte da frente, e não ostentar objetos de valor. “Aos homens, aconselho usar a carteira no bolso da frente.”

O número de câmeras operadas pelo COI (Centro de Operações Integradas), da Secretaria de Defesa do Cidadão de São José, será ampliado até o final de 2012. Dos 181 novos aparelhos que estão sendo instalados em todas as regiões da cidade, 39 equipamentos serão colocados no centro. Com isso, o total de câmeras em São José saltará para 568.

Segundo a Secretaria, os novos aparelhos estão sendo instalados num sistema digital, totalmente novo, com maior confiabilidade ao sistema. A meta é de que 100% do COI seja digital em janeiro de 2013.

O Vale

Publicado em: 05/12/2012

Moradores ganham cartilha de orientação para final de ano

Para deixar a população em alerta contra o risco de roubos e furtos durante o período de compras de final de ano, a Polícia Militar começou a distribuir esta semana no centro comercial de São José dos Campos a cartilha “Natal Seguro”.

O material apresenta uma série de dicas de segurança para os consumidores, com foco na prevenção. Ao todo, são 3.000 folders com 22 orientações, que vão desde cuidados básicos como não deixar bolsas e carteiras abertas, a dicas mais específicas como não usar joias ou objetos de valor que chamem a atenção.

“Existem dois tipos de situação que atraem os marginais. Ou é a vítima desatenta, que facilita o crime, ou é a possibilidade de ganho alto com um objeto de valor, seja um celular de última geração a mostra ou um colar no pescoço”, afirmou o tenente Alan Kalczuk, responsável pelo policiamento na região central.

A distribuição segue até a próxima semana, compreendendo o período inicial da temporada de compras. “Nossa intenção é deixar a pessoa prevenida, para que quando chegar os dias de maior movimento ela já esteja atenta e reduza as chances de ser vítima de algum assalto ou furto”, afirmou.

No ano passado, o número de furtos registrados na região central cresceu 59,2% entre novembro e dezembro, passando 81 para 129 casos no período. Simone de Oliveira, de 38 anos foi uma dessas vítimas. A dona de casa já foi furtada três vezes durante compras no comércio da cidade. “Da última vez, foi o tempo de colocar a bolsa no chão para pagar a conta e quando olhei tinham levado minhas compras.”

Hoje Simone diz que fica o tempo todo em alerta para não ser vítima novamente. “Não faço mais compras sozinha e fico esperta, principalmente, dentro das lojas. Tem muitas crianças e até gente de idade que aproveitam a aglomeração para tentar te roubar”, disse.

Além das orientações da cartilha, desde segunda-feira a PM também reforçou o policiamento na região central. Além de escalas diferenciadas, outras modalidades de policiamento foram direcionadas para as ruas do comércio, como base móvel, bicicletas e motocicletas.

O reforço vai acompanhar também as alterações nos horários de funcionamento das lojas, que a partir de segunda-feira passam a ficar abertas uma hora mais tarde e até o Natal devem funcionar até as 22h. “Além do centro, também daremos atenção especial aos pontos de acesso, como ruas adjacentes e pontos de ônibus”, disse Kalczuk.

O Vale

Publicado em: 30/11/2012

A partir de Segunda-feira (03), comércio fica aberto até as 20H

A corrida pelo presente de Natal vai ganhar mais tempo a partir da próxima segunda- feira em São José dos Campos. A partir do dia 3 de dezembro o comércio ficará aberto até as 20h. O horário deve ser estendido ainda mais, com a proximidade do Natal. Do dia 10 ao dia 14 de dezembro, o comércio ficará aberto até as 21 horas e a partir do dia 17 até o dia 21 de dezembro, o comércio de São José funcionará até as 22 horas.

Na véspera do Natal, dia 24 de dezembro, as lojas funcionarão das 9h às 18h. Aos sábados os comerciantes atenderão até as 18h e nos domingos de dezembro o comércio funcionará das 9h até as 15 horas. A expectativa dos comerciantes, no entanto, é grande. Para cerca de 20% deles a ‘lembrancinha’ de natal poderá custar mais de R$ 200 neste ano.

Os dados foram divulgados pela Associação Comercial de São José dos Campos que entrevistou 50 estabelecimentos durante o mês de novembro. A pesquisa mostrou ainda que a faixa de preço dos presentes comprados deverá ser de até R$50 para 18% dos comerciantes, de R$51 a R$100 na opinião de 28%, de R$101 a 200 para 34% dos comerciantes entrevistados.

No que depender da Prefeitura de São José dos Campos, no entanto, a decoração natalina não deve dar uma forcinha para os comerciantes neste ano. A administração cortou pela metade os gastos com decoração que será de R$ 254 mil em 2012. No ano passado a prefeitura autorizou R$ 500 mil para decorar a cidade no fim do ano.

Com informações da Associação Comercial de São José dos Campos

Publicado em: 29/11/2012

Cidade inicia ciclo de Natal em toda São José

Como acontece todo final de ano, durante o Ciclo Natalino que vai de dezembro a janeiro, o Museu do Folclore, da Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR), pretende organizar a montagem de um presépio no Parque da Cidade. Por esta razão, está convidando pessoas que, tradicionalmente, saibam e tenham interesse em fazer este trabalho.

“Não estamos buscando profissionais, mas pessoas da comunidade que tenham o costume de montar presépios em casa ou outro lugar. Pessoas que façam isto por tradição de família ou pela própria devoção religiosa, que caracterizem o aspecto folclórico inserido neste ato”, explica a cientista social Angela Savastano, presidente do Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP), parceira da FCCR e responsável pela administração e atividades do Museu do Folclore.

A montagem do presépio deve começar na primeira quinzena de novembro e faz parte do Programa Museu Vivo, realizado pelo Museu do Folclore todo domingo, das 14h às 17h. As pessoas interessadas podem obter mais informações no próprio Museu do Folclore ou pelo telefone 3924-7318.

Abertura do presépio

Depois de montado, o presépio será aberto ao público no dia 2 de dezembro (domingo), às 14h. A data também marca a abertura do Ciclo de Natal, que se caracteriza por diversas manifestações da cultura popular, como as Folias de Reis grupos de devotos de Santos Reis, que visitam presépios montados em casas, igrejas, praças e outros locais, cantando em louvor ao Menino Jesus.

Neste dia, o Museu do Folclore coordena a ‘Chegada das Bandeiras’, com a participação de uma ou mais Folias de Reis, além de devotos e comunidade.

No Vale do Paraíba, montar presépios com imagens de madeira, barro ou plástico, em tamanhos diversos, é um costume observado nas igrejas e nos lares cristãos, quase sempre por ser uma tradição familiar. O espírito natalino, nesta época do ano, também pode ser identificado na decoração das ruas, na troca de presentes, cartões e votos de boas festas.

Serviço: Museu do Folclore da FCCR – Avenida Olivo Gomes, 100, Parque da Cidade, Santana. Informações: 3924-7318.

Assessoria de Comunicação
Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Publicado em: 01/11/2012

30% é o aumento esperado para a Rodoviária da cidade

Entre hoje e 27 de dezembro, 28 mil pessoas devem passar pela Rodoviária Nova de São José dos Campos, movimento 30% superior aos finais de semana normais. Somente na véspera de Natal, serão  115 ônibus extras para destinos diversos. Entre os  mais procurados estão Sul de Minas, Rio de Janeiro, São Paulo e o litoral paulista.

Desde o início da semana, passageiros procuravam já garantir suas passagens para visitar os parentes. “Já aconteceu de eu chegar e não ter passagens, com certeza eu não vou conseguir comprar na hora”, disse o contador Carlos Magno, de 46 anos que comprou uma passagem de ida e volta para Lavras (MG) ontem a tarde.

Ainda há passagens disponíveis, mas é preciso correr. A orientação é chegar na rodoviária com uma hora de antecedência  e identificar a bagagem. Crianças menores de 12 anos podem viajar somente acompanhadas dos responsáveis e identificadas.

Se estiverem com parentes, precisam de autorização escrita e assinada pelo pai, mãe ou responsável, com firma reconhecida. Na Rodoviária de Taubaté, São Paulo, Ubatuba, Rio de Janeiro e Aparecida são os destinos mais procurados pelos passageiros.

A Pássaro Marron, por exemplo, reforçou suas linhas com até quatro horários. “Já aumentamos as vendas em 15% somente neste mês. A rodoviária diariamente está cheia”, disse o encarregado da empresa Heliton Marcelo Corrêa.

Já a Viação Sampaio, que faz viagens ao Rio de Janeiro, aumentou 70% dos horários.A estimativa é que pelo menos 15 mil pessoas passem pela Rodoviária Nova de Taubaté. Com R$ 1.200 para passear 14 dias com os três filhos e a esposa, o pedreiro Fernando Avelino, 26 anos, optou por viajar antes. “Chega nessa época é só confusão. A gente vai antes, aproveita mais e se livra das confusões. Ônibus cheio não dá né?”

O Vale

Com festas de final de ano, prefeitura gasta R$ 500 mil

A Prefeitura de São José dos Campos definiu as programações de Natal e Réveillon e vai investir R$ 500 mil nos shows e na queima de fogos na virada do ano na orla do Banhado, na região central. De acordo com o governo Eduardo Cury (PSDB), o custo é praticamente o mesmo de 2010.

A já tradicional festa no Banhado começará às 21h do dia 31 com show musical que ainda será definido. À meia-noite, ocorrerá o show pirotécnico, que neste ano terá duração de 13 minutos. No distrito de São Francisco Xavier, a comemoração do Réveillon ocorrerá na Praça Cônego Antonio Manzi e no distrito de Eugênio de Melo, na Praça Benedita Néri. Nos dois locais, começará às 21h.

Segurança. Segundo a prefeitura, na festa da virada do ano haverá reforço na segurança e apoio de cerca de 400 servidores municipais. Algumas vias do centro de São José e dos distritos serão interditadas e haverá reforço nas linhas de ônibus a partir das 19h e após 0h30.

Já a programação natalina começa neste final de semana, mas para os dias 24 e 25 não estão previstas apresentações e eventos especiais.

“Para o Réveillon no Banhado, que é tradicional e atrai muitas pessoas, temos uma programação especial. No Natal, como as pessoas preferem ficar em casa com suas famílias para a ceia do dia 24 e para o almoço do dia 25, não programamos nada”, disse a assessora de Eventos Oficiais e Turismo, Maria Emília Cardoso.

Em Jacareí, a prefeitura investirá R$ 150 mil nas programações de Natal e Réveillon. Na virada do ano, a queima de fogos na avenida Davi Monteiro Lino terá duração de 10 minutos. A Prefeitura de Taubaté informou ontem, por meio da assessoria, que as programações de Natal e Réveillon só serão definidas na próxima semana.

O Vale

Comércio da região estende o horário de funcionamento

Para aumentar as vendas e atender à demanda crescente por presentes, os shoppings da região estendem seus horários de funcionamento a partir de amanhã. Apenas o Colinas, em São José, já antecipou o horário extra e opera das 10h às 23h desde ontem.

A intenção da medida é dar tranquilidade aos consumidores que buscam fugir do pico de movimento após o expediente de trabalho. “Acho o novo horário ótimo. O shopping poderia abrir às 8h, pois, no horário convencional, é muita gente e não dá nem para estacionar”, afirmou a professora Cleide Gayola, 41 anos, de São José.

Apesar de o movimento nas lojas já ter aumentado nas últimas semanas, os comerciantes esperam um aumento de até 20% nas vendas nessa reta final de busca pelos presentes para o Natal. “Qualquer horário estendido ajuda. Os clientes ficam mais tranquilos e relaxados, o que aumenta a possibilidade de vender ainda mais”, disse Nancy Rabelo, 29 anos, proprietária da loja de mesmo nome em São José.

Para atender à demanda de final de ano, a loja contratou três funcionárias extras.  O gerente comercial do CenterVale Shopping, Fernando Marchesi, acredita que muita gente deixou para adquirir presentes na última hora.

“É importante criar alternativas para o consumidor e dar a ele conforto. É uma oportunidade a mais”, disse.

São José
CenterVale: de amanhã até dia 23, abre das 10h às 24h. Dia 24, será das 10h às 18h
Colinas: até dia 23, 10h às 23h, e dia 24, 10h às 18h
Vale Sul: de 16 a 23, das 9h às 23h, e dia 24, 9h às 18h

O Vale

Foco no pedestre é foco em campanha educativa

A Prefeitura de São José dos Campos intensifica a partir desta segunda-feira (12) até o próximo dia 23 as ações educativas de trânsito na região central da cidade. Neste ano, as abordagens terão como foco o respeito à faixa de pedestres.

O objetivo é orientar os motoristas para redobrem a atenção nos pontos de travessia e conscientizar os pedestres da importância de utilizar a faixa, principalmente neste período que antecede as festas de fim de ano e durante as férias, quando a concentração de pessoas no centro é maior.

Agentes educadores do Núcleo de Educação para o Trânsito (NET), da Secretaria de Transportes, estarão nos períodos da manhã e tarde nas ruas Coronel José Monteiro, Sebastião Humel, Rubião Junior e Praça Afonso Pena.

Serão utilizadas faixas, abertas de um lado ao outro da via, além da distribuição de material educativo. Para complementar a campanha, um grupo de educadores também fará abordagens nos shoppings Vale Sul e Center Vale no período da noite.

Com o slogan “A vida não tem preço”, a campanha de respeito à faixa de pedestre foi lançada em setembro, durante a 9ª Semana Municipal de Trânsito. De acordo com os números levantados pelo departamento de estatística da Secretaria de Transportes, a conduta inadequada do pedestre está entre as três principais causas de acidentes na cidade.

Por outro lado, o desrespeito do motorista às faixas de travessia também é fator determinante nos casos de atropelamentos.

Prefeitura Municipal

Devido ao final de ano, Mercado Municipal amplia horário

O Mercado Municipal de São José dos Campos continuará funcionando em horário especial no mês de dezembro. Desde novembro, o Mercado está atendendo o público durante uma hora a mais, ou seja, está fechando às 18h, de segunda a sexta-feira, e encerrando as atividades às 15h, aos sábados.

Na semana que antecede o Natal, a partir de 19 de dezembro, o Mercado Municipal ficará aberto até as 19h, de segunda a sexta-feira. No sábado (24), véspera de Natal, o funcionamento será até as 16h. E no sábado (31), véspera do Ano Novo, o atendimento ocorrerá até as 14h.

O Mercado é organizado e fiscalizado pela Divisão de Abastecimento da Secretaria Especial de Defesa do Cidadão. Quem quiser tirar dúvidas sobre o funcionamento do Mercado pode ligar para (12) 3901-1080, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Horário de dezembro:

Dias 3, 10, 17 (sábados): Aberto das 7h às 15h
Dias 19, 20, 21, 22, 23 (segunda a sexta): Aberto das 7h às 19h
Dia 24 (sábado): Aberto das 7h às 16h
Dia 31 (sábado): Aberto das 7h às 14h

Prefeitura Municipal

Mercado Municipal tem horário especial para fim de ano

O Mercado Municipal de São José dos Campos já está funcionando em horário especial para este fim de ano para melhorar ainda mais o atendimento à população.

Neste mês de novembro o Mercado está permanecendo aberto uma hora a mais por dia, de segunda a sexta-feira, funcionando das 7h às 18h, ao invés de fechar às 17h como de costume.

Aos sábados o Mercado está funcionando até as 15h, sendo que normalmente o atendimento é das 7h às 14h. Nos domingos de novembro o Mercado estará aberto em horário normal, das 7h às 12h.

Em dezembro, quando aumenta o movimento devido às festas de Natal e Ano Novo, o local também funcionará em horário estendido.

O Mercado Municipal é organizado e fiscalizado pela Divisão de Abastecimento da Secretaria Especial de Defesa do Cidadão.

Dúvidas sobre o funcionamento do Mercado pode ligar para (12) 3901-1080, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Fonte: Prefeitura Municipal de São José dos Campos