Frio e Falta de artistas deixa Festa da cidade mais vazia

A baixa temperatura e a falta de artistas famosos esfriaram a festa de aniversário de São José dos Campos, cujo ponto alto foi ontem, em vários locais da cidade, como o Parque da Cidade, o Parque Vicentina Aranha e o Centro da Juventude. A festa, que já reuniu mais de 100 mil pessoas em anos anteriores, foi acompanhada por cerca de 40 mil, segundo estimativas da organização. O show mais esperado seria o da cantora Paula Fernandes, cancelado pela prefeitura em razão dos protestos. Mas nem isso tirou a motivação de quem acompanhou os eventos. Pelo contrário. O público aproveitou a festa com calma e sem enfrentar filas. A programação começou com um culto evangélico na praça Cônego Lima, às 6h30, e o hasteamento de bandeiras no Banhado, às 8h. Na igreja Matriz, às 9h, foi celebrada a missa solene do aniversário da cidade.

No Parque Vicentina Aranha, na região central, a partir das 9h30, uma série de atrações levou mais de 1.000 pessoas ao local. Houve campeonato de xadrez, piquenique e apresentação da Orquestra Sinfônica de São José. “É uma festa simples, sem formalidade e com participação de muitas pessoas. Aqui, somos todos iguais”, disse o administrador Rodrigo Machado, 36 anos. Antes da apresentação da orquestra, o prefeito Carlinhos Almeida (PT) disse que São José é uma cidade “bonita, organizada e acolhedora”. Para ele, o desafio é humanizar cada vez mais os serviços prestados à população.

Crianças encontraram vários brinquedos infláveis no Parque da Cidade, na zona norte, nas atividades de lazer para os pequenos. Às 9h, começou o campeonato de truco. Houve ainda passeio ciclístico e show do projeto “Vozes pela Paz”, que reuniu músicos da cidade para celebrar São José dos Campos. “Está muito gostoso aqui. Não há confusão e as crianças podem brincar à vontade”, afirmou a dona de casa Maria Esther Moreira, 29 anos. No Centro da Juventude, na zona sul, o aniversário foi comemorado com esportes radicais, como skate, BMX, patins, basquete de rua, futebol freestyle e slackline. O estudante Leonardo Silva, 13 anos, estava inscrito em uma oficina de skate e pretendia sair de lá andando nas rodinhas. “Quero muito aprender”.

A programação continua hoje com atividades e shows nos poliesportivos do Campo dos Alemães e Altos de Santana e no parque ecológico do Santa Inês, entre 10h e 16h30. Também haverá música no Parque Vicentina Aranha, a partir das 10h. O encerramento do aniversário da cidade será no Teatro Municipal, no Shopping Centro, às 20h, com o espetáculo de teatro “Anseio”.