Untitled-2 Política
Publicado em 08/10/2012 às 08:53

Candidato Carlinhos é eleito na cidade com 50,99% dos votos

Logo depois da divulgação oficial do resultados das eleições municipais em São José dos Campos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o prefeito eleito da cidade, Carlinhos Almeida (PT), convocou uma entrevista coletiva em um hotel na região central. Segundo a Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlinhos recebeu 180.794 votos, o que equivale a 50,99% do total de votos válidos com 100% das seções apuradas. O candidato Alexandre Blanco (PSDB) ficou em segundo lugar. Ele teve 153.011 votos, o que corresponde a 43,15% dos votos válidos (Veja o resultado completo para prefeito e vereadores na cidade).

Em terceiro lugar ficou com Cristiano Ferreira (PV) que teve 2,33% dos votos válidos. Antonio Alwan (PSB) veio em seguida com 1,53% dos votos, o que equivale a 5.413 votos válidos. Fabrício Correia (PSDC) veio em seguida com 3.704 votos válidos, o que equivale a 1,04%. O sexto colocado foi Ernesto Gradella (PSTU) com 0,76% dos votos, com 2.699 votos válidos. Gilberto Silvério foi o último colocado com 710 votos válidos, o equivalente a 0,20%

De acordo com o TSE, São José dos Campos somou 10.666 (2,80%) de votos brancos e 15.384 (4,04%) votos nulos. Forma registradas 74.799 (16,42%) abstenções.

Unidade
O petista afirmou que quer todos os joseenses unidos em torno de um projeto, que é o melhor para cidade. “É preservar o que conquistamos (a cidade), mas melhorar o que precisamos, como a saúde”, disse o novo mandatário municipal. Carlinhos disse ainda que terá três questões fundamentais para resolver na cidade: a educação, a saúde e voltar a dar competitividade econômica.

Em relação a educação, ele reforçou as propostas de campanha. “Fazemos toda a questão da educação integral, as quatro escolas técnicas que vamos fazer em nosso governo”, afirmou. Com relação à saúde, Carlinhos se comprometeu a estabelecer metas na área. “Vamos cobrar resultados. Em janeiro vamos fazer um mutirão para cirurgias que estão atrasadas”, se comprometeu. Já na área econômica, o novo prefeito falou sobre a obrigação da cidade para o futuro. “Retomar o crescimento, facilitar a vida de quem quer investir na cidade”, reiterou.

Mudança
O petista falou ainda sob a novo panorama político da cidade e a mudança do comando de São José dos Campos. A vitória de Carlinhos Almeida quebra um ciclo de 16 anos de administrações do PSDB em São José dos Campos, maior colégio eleitoral do Vale do Paraíba. A última vez que o PT governou São José foi em 1996, com Angela Guadagnin (PT), atual vereadora da cidade.

“Tudo isso é uma composição de fatores. A cidade de São José dos Campos promoveu uma renovação política. Nós vamos manter o que está funcionando. Estou mais preparado, as duas campanhas para prefeito, os mandatos como deputado federal e estadual ajudaram e hoje eu me sinto muito mais preparado para exercer este cargo de prefeito. A alternância de poder também faz parte da democracia”, contou.

Relação com o governo estadual
Carlinhos falou sobre como vai ser o seu governo com relação aos demais governos, estadual e federal. “Nós vamos ter uma relação muito mais aberta com o governo federal. No último ano do governo FHC foi repassado R$ 30 milhões. No ano passado foi de R$ 80 milhões. E nós temos condições de dobrar isso. Eu estarei totalmente aberto a trabalhar com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e sempre tive um respeitoso relacionamento com ele”, explicou.

Servidor
O novo administrador do Paço Municipal garantiu que os servidores municipais de São José dos Campos terão total acesso ao novo prefeito para levar ideias.

Biografia
Carlos José de Almeida, nasceu em 25 de junho de 1963, em Santa Rita de Jacutinga (MG). Formado em História, Carlinhos é casado, mas não tem filhos. É a terceira vez que Carlinhos concorre ao cargo de prefeito de São José dos Campos.

Ele foi eleito vereador pela primeira vez em 1992, mas já exercia o cargo de suplente desde 1989. Depois foi vereador por mais um mandato em 1996, mas não exerceu o cargo até o fim, porque em 1998 foi eleito deputado estadual, cargo que exerceu por dois mandatos consecutivos. Em 2010, foi eleito deputado federal cargo que exerce atualmente.

G1 (Vnews)

Publicado em: 08/10/2012