1enfermerolider Notícias
Publicado em 28/04/2014 às 10:41

Prefeitura contrata mais 107 médicos e amplia equipes de ESF

28/04/2014 - 28/04/2014

O prefeito de São José dos Campos, Carlinhos Almeida, anunciou nesta sexta-feira (25), em reunião do Conselho Municipal de Saúde (Comus), a chegada de 39 profissionais do programa “Mais Médicos” e a contratação de outros 68 médicos, aprovados no concurso público homologado recentemente pela prefeitura, totalizando 107 novos médicos que serão integrados à rede municipal de saúde nas próximas semanas.

 

Com os novos profissionais e mais os que atuam pela SPDM (440) e PróVisão (37), o município passará a ter 1.203 médicos no atendimento de saúde à população. Historicamente, é o maior número de médicos que São José dos Campos alcançou até hoje à disposição do sistema público.

 

Como parte do programa “Mais Médicos”, a cidade já tinha recebido cinco profissionais (dois brasileiros – uma é joseense – e três cubanas, que já estão em atividade. Agora, recebe mais 34, sendo 33 cubanos e uma argentina – mais do que havia solicitado inicialmente, que era de 25 médicos.

 

Os médicos já estão na cidade e passarão 15 dias em treinamentos e visitas às unidades. Com a chegada desses profissionais, a administração vai ampliar o atendimento por meio da ESF (Estratégia Saúde da Família). Atualmente, o município tem 4 equipes (3 no Buquirinha e 1 no Bonsucesso), o que representa uma cobertura de apenas 2% da população.

 

Com os novos médicos, será possível chegar a 44 equipes de ESF no município, o que representará uma cobertura de 22% da população. A previsão é que as novas equipes comecem o atendimento em cerca de 20 dias.

 

“Esses médicos chegam para somar esforços junto aos profissionais que já trabalham na rede municipal. Não existem barreiras entre os povos latino-americanos, nossas culturas são muito parecidas e todos são muito bem vindos”, disse o prefeito Carlinhos Almeida durante a apresentação deles ao Comus.

 

Saúde da Família

 

A adesão ao “Mais Médicos” é parte do plano da administração de mudar o modelo na Atenção Básica, por meio da Estratégia Saúde da Família, que propõe ampliar a qualidade e resolutividade da atenção básica, com ações que englobam a assistência, a promoção à saúde e a prevenção de doenças.

 

O trabalho é realizado pelas equipes de saúde da família que atuam na Unidade Básica de Saúde e em sua área de abrangência, considerando não só o indivíduo, mas o contexto familiar e a realidade do território em que vive.

 

As novas equipes de ESF ficarão no distrito de São Francisco Xavier (2 equipes); Alto da Ponte (4 equipes); Vila Paiva (3 equipes); Altos de Santana (3 equipes); São José II (2 equipes); Campos de São José (4 equipes); Novo Horizonte (8 equipes); Eugênio de Melo (6 equipes); Interlagos (3 equipes) e Putim (4 equipes).

 

Cada equipe do ESF é composta por um médico, um enfermeiro, dois auxiliares de enfermagem e quatro a seis agentes comunitários de saúde, e é responsável por 3 mil a 4 mil pessoas. A realização de visitas domiciliares, reuniões e grupos educativos são algumas das atividades realizadas pelas equipes, além das ações rotineiras da UBS.

 

O programa “Mais Médicos” prevê atuação na Atenção Básica. O registro profissional emitido pelo Ministério da Saúde autoriza os médicos estrangeiros a exercerem a medicina exclusivamente no âmbito do programa, ou seja, só poderão atender na atenção básica e nos municípios para os quais foram designados.

 

Contratação

 

O prefeito também determinou a contratação imediata de outros 68 médicos, que serão convocados do último concurso público, homologado recentemente. Serão 49 médicos de 20 horas (entre médicos para as UBSs e especialistas) e 19 médicos de 24h, para atuação nas UPAs e hospitais da cidade.

 

A convocação será feita nos próximos dias, obedecendo a ordem de classificação no concurso público.

 

Além disso, serão contratados nos próximos dias 81 Agentes Comunitários de Saúde (ACS), 26 analistas de saúde (enfermeiros) e 52 assistentes técnicos de saúde (assistente de enfermagem), profissionais necessários para compor as equipes de ESF.