Cidade tem Semana do Aleitamento Materno para Mães

A Prefeitura de São José dos Campos vai intensificar em todas as unidades de saúde a orientação à população sobre a importância do aleitamento materno. Isto será feito na semana de 1º a 7 de agosto, com distribuição de material informativo e abordagens aos usuários. A ação faz parte das comemorações da Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) e tem a coordenação da Secretaria de Saúde.

Essa semana foi idealizada pela Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno (WABA), que define um tema central unificando as comemorações no mundo. Este ano, o tema é “Apoio às Mães que Amamentam – Próximo, Contínuo e Oportuno”, enfatizando a importância do apoio às mães para que elas iniciem e mantenham a amamentação. O aleitamento materno deve ser exclusivo até o sexto mês de vida e continuado até os dois anos de idade ou mais. Se a maioria dos bebês fosse amamentada exclusivamente ao seio até os seis meses de idade, isso salvaria milhões de crianças no mundo todos os anos. Se a criança continuar amamentada até dois anos ou mais, seu desenvolvimento pode ser muito melhor. Com seis meses, deve-se introduzir a alimentação complementar, de forma lenta e gradual, com orientações adequadas para a prática da alimentação saudável.

Seminário

O Seminário de Aleitamento Materno 2013 será realizado na segunda-feira (5 de agosto), das 13h30 às 17h, na Câmara Municipal. O evento faz parte das comemorações da Semana Mundial de Aleitamento e é dirigido aos profissionais de saúde: médicos, dentistas, fonoaudiólogos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem da rede municipal de Saúde. O objetivo do evento é promover uma atualização sobre as orientações para a promoção e a importância do apoio e aconselhamento para incentivar o aleitamento materno, além dos riscos do desmame precoce e terceirização da infância. O seminário será ministrado pelo professor José Martins Filho, médico pediatra que é professor doutor titular, emérito da Unicamp e membro da Academia Brasileira de Pediatria.

Vantagens da amamentação

Para o bebê

  • Protege o bebê de diarréia, otites, doenças que a mãe já teve, alergias;
  • Acentua seu desenvolvimento;
  • Diminui o risco de diabetes, câncer, infecções;
  • Diminui problemas de face dos dentes e da linguagem;
  • Melhora as relações emocionais e sociais;
  • Melhora a inteligência;
  • Diminui a mortalidade infantil;

Para a mãe

  • Estimula o vínculo afetivo mãe-filho;
  • o útero e previne hemorragias;
  • Retarda a menstruação e ajuda a proteger de nova gravidez;
  • Protege contra o câncer de mama e ovário;
  • Diminui o trabalho de preparação de alimentos;

Dicas importantes para a amamentação

  • Levar o bebê ao seio sempre que ele tiver vontade. Quanto mais ele sugar mais leite a mãe produzirá;
  • Deixe o bebê esvaziar bem a mama, somente depois ofereça a outra. Na próxima mamada, comece pela mama que ele mamou por último;
  • Nos primeiros dias o leite que sai do peito é o colostro, muito importante para proteger o bebê;
  • Não existe leite fraco. O leite materno é o que de melhor o bebê pode receber. A criança que mama no peito não precisa de chá, água ou suco até 6 meses. A partir daí dê também outros alimentos e continue amamentando até 2 anos ou mais. Com 6 meses, iniciar a papa de fruta e a papa salgada, com 7 meses, a segunda papa salgada, com 8 meses gradativamente vai se passando para a alimentação da família, e quando completa 12 meses a criança já deve estar com a comida da família, mantendo-se o aleitamento materno;
  • Não usar cremes, pomadas ou óleos nos seios, o banho diário é suficiente para a higiene;
  • A mãe deve procurar uma posição confortável para amamentar, a barriga do bebê deve estar sempre encostada no corpo da mãe. A boca do bebê deve estar bem aberta, de frente para a mama, o lábio virado para fora e o queixo encostado na mama. O bebê deve abocanhar o bico e a aréola;
  • Em caso de dúvidas, procure a UBS mais próxima ou o Projeto Casulo.