Operação Cata-Treco atenderá oito bairros neste sábado

Os caminhões da Prefeitura de São José dos Campos percorrerão neste sábado (21) os bairros Jardim São José (centro); Jardim São Jorge, Jardim Brasília; Jardim Universo; Santa Cecília II; Santana; Pasto Alto e Capuava. Os veículos fazem parte da Operação Cata-treco.

O recolhimento dos objetos será das 8h às 16h. Para garantir que o material seja recolhido, a recomendação das equipes da Secretaria de Serviços Municipais (SSM), responsável pelo trabalho, é para que a população coloque os objetos em frente de casa até as 8h do sábado, antes do caminhão passar.

Serão recolhidos apenas móveis e eletrodomésticos que não são mais usados, como sofás, mesas e ventiladores. Não serão recolhidos restos de materiais de construção. Este tipo de material pode ser levado a um dos 11 Postos de Entrega Voluntária (PEV’s) no município, que recebem, além de materiais volumosos (como sofás e armários), óleo de cozinha, lâmpadas fluorescentes, pilhas e restos de materiais de construção.

Operação Cata-treco atende 11 bairros da cidade

Os caminhões da Prefeitura de São José dos Campos percorrerão mais 11 bairros com a operação Cata-treco. Serão atendidos: Jardim Bela Vista; Bairro do Ronda; Santa Cecília I; Portal do Céu; Santa Lúcia; Santa Rita; Vila Machado, Jardim Anchieta; Jardim Juliana; Jardim do Lago; Jardim Morumbi (entre a Avenida Benedito Bento e Rua José de Campos).

Para garantir o recolhimento, é necessário que o morador deixe o material em frente à sua casa até as 8h do sábado, antes do caminhão passar.

Serão recolhidos apenas móveis e eletrodomésticos usados. O descarte de restos de materiais de construção deve ser feito em um dos 11 Postos de Entrega Voluntária (PEV) instalados em todas as regiões de São José dos Campos e que funcionam todos os dias.

Cidade tem Operação Cata-treco para mais bairros

A Prefeitura de São José dos Campos continua com a Operação Cata-Treco e neste sábado (31) mais nove bairros estão na programação. Os caminhões vão passar pelas ruas do Jardim Augusta; Vila Tatetuba; Portal do Céu; Jardim Santa Lúcia; Jardim Santa Rita; Vila do Rhodia; Vila Alexandrina; Vila Iracema; Jardim Morumbi (trecho entre a Rua Benedito Cubas e a Avenida Benedito Bento).

O recolhimento de móveis e utensílios domésticos que a população não usa mais será feito das 8h às 16h. Para garantir que o material descartado seja recolhido, é necessário deixá-lo em frente à residência até as 8h, antes do caminhão passar. Desde o início das operações em maio, já foram recolhidos pelas equipes da Secretaria de Serviços Municipais (SSM), cerca de 700 toneladas de materiais volumosos. Restos de materiais de construção e lixo orgânico não serão recolhidos pelos caminhões do Cata-Treco.

Cidade tem operação de Cata-treco em vários Bairros

No próximo sábado (24), a operação Cata-treco da Prefeitura de São José dos Campos, vai percorrer os bairros Vila Letônia; Jardim Valparaíba, Chácara dos Eucaliptos; Vila Patrícia; Jardim Santa Maria;  Jardim Coqueiro; Morada do Fênix; Santa Inês 3; Vila Esmeralda; Vila do Carmo; Jardim Petropólis; Jardim Azaleia; Jardim Veneza e  Jardim Santa Fé.

Os caminhões vão percorrer as ruas dos bairros das 8 horas às 16 horas. Para garantir que o material (móveis e utensílios domésticos) seja recolhido, é necessário que o mesmo seja colocado em frente às residências até as 8h, antes do caminhão passar. Durante a última operação cata-treco, que percorreu diversos bairros no dia 17, foram recolhidos cerca de 24 toneladas de materiais.

Outra opção correta para o descarte de materiais usados são os Postos de Entrega Voluntária (PEV’s). Nossa cidade conta com 11 postos, que funcionam todos os dias. Nos PEV’s é possível a população levar pequenos resíduos de construção, móveis e eletrodomésticos usados, óleo de cozinha, lâmpadas e pilhas.

Cidade tem operação Cata-treco neste sábado na cidade

Os caminhões do Cata-Treco vão percorrer mais sete bairros de São José dos Campos neste sábado (17), das 8h às 16h. A operação, realizada pela Secretaria de Serviços Municipais (SSM), será realizada no Vale dos Pinheiros; Parque Martim Cererê; Jardim Colorado; Águas da Prata; Vila Zizinha; Jardim União e Jardim Santo Onofre. A recomendação para que os objetos sejam colocados nas calçadas até as 8h, antes do caminhão passar. Na operação do sábado (10), as equipes da SSM recolheram em diversas regiões, aproximadamente 31 toneladas de materiais. Desde o início das operações, em maio passado, foram recolhidas 667 toneladas de restos de móveis, eletrodomésticos e pneus velhos.

Outra opção para quem precisa descartar móveis, eletrodomésticos e pequenos resíduos de construção são os Postos de Entrega Voluntária, os PEV’s. A cidade tem 11 postos, que funcionam todos os dias.  A entrega desses materiais de pequenos geradores é gratuita. Além da destinação correta de cada material (gesso, madeira, óleo de cozinha, etc), a reciclagem dos produtos ajuda na renda dos cooperados da Futura, que coordenam os postos.

“Fiz uma pequena reforma na minha casa e nem precisei alugar uma caçamba porque o resíduo era muito pouco. Levei o resto de piso até o PEV do Jardim Satélite. Fui muito bem atendida e ainda economizei o valor do aluguel da caçamba”, explicou a auxiliar de tesouraria Elisângela Mendes, que aprovou os trabalhos dos PEV’s.  Para saber sobre os endereços e os horários de atendimento dos PEV’s ligue 156 ou acesse o portal da Prefeitura.

Cidade tem Operação Cata Treco por todos os bairros

Os caminhões da operação Cata-Treco da Prefeitura de São José dos Campos atenderão neste sábado (3) os bairros: Vila Maria; Jardim da Granja; Parque Santa Rita; Parque Novo Horizonte; Vila Paiva; Parque Industrial e Santa Júlia. Desde o início do programa, em maio, a Prefeitura já recolheu mais de 500 toneladas de materiais volumosos (restos de móveis, eletrodomésticos e pneus velhos).

O objetivo da operação Cata-Treco é reduzir o volume de materiais descartados de forma irregular nas áreas e vias públicas. O acúmulo de materiais, além de aumentar os riscos de enchente, uma vez que esses materiais entopem bocas de lobo e galerias, também geram mau cheiro e a proliferação de animais peçonhentos.

Para que nenhum material deixe de ser recolhido, é preciso que a população dos bairros atendidos pela operação Cata-treco coloque os materiais em frente à sua casa, até as 8h do sábado, antes do caminhão passar.

Cidade tem operação Cata-treco em vários bairros

A Prefeitura de São José dos Campos realiza neste sábado (20) mais uma operação Cata-Treco em vários bairros de diferentes regiões da cidade. O objetivo é reduzir o grande volume de materiais jogados nas ruas e vias públicas. A retirada desses materiais também visa prevenir enchentes e melhorar o meio ambiente.

Os caminhões da Prefeitura percorrerão os bairros: Jardim Pôr do Sol; Jardim Limoeiro; Jardim Ismênia; Jardim Primavera I e 2; Bom Retiro; Boa Vista (CDHU); Residencial D’ville; Morada do Sol; Recanto dos Pinheiros; Recanto dos Eucaliptos; Parque Independência; Jardim Santa Luzia e Reserva do Bosque.

Desde o início dos trabalhos, a Operação Cata-treco já passou por quase 100 mil residências, sendo recolhidos pela Prefeitura cerca de 500 toneladas de restos de móveis, eletrodomésticos e pneus. No fim de semana passado, foram recolhidas aproximadamente 33 toneladas de restos de móveis e utensílios domésticos durante mais uma etapa do trabalho, que atendeu diversos bairros do município. A Secretaria de Serviços Municipais (SSM) recolhe cerca de 5 mil toneladas de entulho, por mês, em todo o município. O custo para a realização deste trabalho é de cerca de R$ 2,5 milhões, por ano.

Neste Sábado tem Operação Cata Treco na cidade

A Prefeitura de São José dos Campos já recolheu nestes dois meses de trabalho da Operação Cata-Treco cerca de 460 toneladas de materiais volumosos. Neste período já foram atendidas cerca de 100 mil famílias. A operação, que será gradativamente realizada em todos os bairros da cidade, tem o objetivo de reduzir o grande volume de materiais jogados nas ruas e vias públicas. A Secretaria de Serviços Municipais (SSM) recolhe cerca de 5 mil toneladas de entulho, por mês, em todo o município. O custo para a realização deste trabalho é de cerca de R$ 2,5 milhões por ano.

Neste sábado (6), o trabalho atenderá os bairros: Vila Bandeirantes; Vila Piratininga; Vista Verde; Jardim Santa Inês 2; Alto do Bosque; Bosque dos Ipês; Parque dos Ipês; Jardim República; Capão Grosso 2, parte do bairro dos Freitas e Bosque dos Eucaliptos (região entre as avenidas Salinas e Andrômeda com as ruas Pedro de Martins Ribeiro e Alberto Silva Ramos)

É importante que a população coloque os materiais que serão recolhidos até as 8h, antes do caminhão da coleta passar. Entre os materiais que podem ser descartados estão restos de móveis e eletrodomésticos e pneus. Não serão recolhidos lixo orgânico ou restos de materiais de construção. Os entulhos de construção devem ser levados a um dos 11 Postos de Entrega Voluntária (PEV’s).

Cidade tem operação Cata Treco nos Bairros

A Prefeitura de São José dos Campos continua neste sábado (8) mais uma operação cata-treco em vários bairros. Nesta nova ação, serão atendidos os bairros Jardim Jussara, Vila Corinthinha, Nova Detroit, Castanheiras, Paraíso do Sol, Jardim São José 1 e 2, Águas de Canindu 1, Anhembi, Jardim América, Jardim Paraíso, Residencial João Paulo 2º, Terras do Sul, Sol Nascente e Jardim Sul.

O objetivo da operação, que gradualmente será levada a todos os bairros da cidade, é impedir que os materiais sejam jogados indevidamente nas vias e áreas públicas. O acúmulo de entulho causa sérios riscos à saúde da população, como a proliferação do mosquito da dengue, além de contaminar o meio ambiente e provocar enchentes devido ao entupimento de bocas de lobo, rios e córregos. Somente no mês passado, a Prefeitura recolheu cerca de 240 toneladas de materiais. Durante este período foram atendidas aproximadamente 60 mil pessoas de diversas regiões da cidade.

É importante que a população coloque os materiais antes das 8h para que o caminhão possa recolhê-los. Podem ser descartados pneus velhos e móveis e eletrodomésticos inúteis. Não serão aceitos lixo orgânico ou restos de materiais de construção. Esse entulho deve ser levado ao uma dos 11 pontos de entrega voluntária (PEV).