Com o frio, cidade registra ar seco em toda região

A umidade relativa do ar deve ficar entre 20% e 30% na região de São José dos Campos nos próximos dias, segundo previsões do Climatempo.  Esse índice é considerado como estado de atenção. A OMS (Organização Mundial da Saúde) considera como ideal a umidade do ar acima de 60%. As temperaturas na região devem registrar a mínima de 9°C e máxima de 25°C. Com a escassez de chuvas no inverno e o ar mais seco, as pessoas precisam retomar os cuidados com a saúde para evitar infecções das vias aéreas e viroses. Elas também ficam mais vulneráveis a sintomas como ardência e ressecamento nos olhos, na boca e no nariz.

Segundo recomendações médicas, é necessário ingerir bastante liquido, evitar exercícios físicos entre 10h e 17h no período de seca, lavar as narinas com soro fisiológico ou fazer inalação, manter os ambientes arejados e colocar um recipiente com água ou pano molhado no quarto. Na região serrana de Campo do Jordão, há previsão de geada nessa madrugada. A cidade registrou temperatura de 3,1°C esta semana, segundo dados do Climatempo.

A falta de nuvens durante à noite ajuda a resfriar ainda mais o ar, favorecendo a formação de nevoeiros durante o dia, afirmou a metereologista Daniele Lima, do Climatempo. Nessas condições de neblina, a Polícia Rodoviária Estadual recomenda mais atenção aos motoristas na hora de dirigir. Segundo a PRE, o motorista deve reduzir a velocidade, manter distância do carro da frente, não usar o pisca alerta com o veículo em movimento e verificar se a ventilação interna do carro está funcionando. Se não estiver, é necessário abrir uma janela para o vidro não embaçar.

Temperatura tem indices de alta e baixas na cidade

A chegada de uma massa de ar seco e quente à região elevou a temperatura em pleno inverno e vem causando nevoeiro nas estradas, o que aumenta a chance de acidentes de trânsito. O termômetro vem subindo desde o último final de semana e chegou a 27°C ontem, em São José dos Campos, por volta das 15h, numa condição mais parecida com verão do que inverno.

O que muda entre uma estação e outra, porém, é a variação térmica agressiva no período mais frio do ano. Se no verão os dias e noites normalmente são quentes, no inverno a temperatura oscila muito ao longo de todo o dia, esquentando com o aparecimento do sol e esfriando no período noturno.

Médicos pedem cuidado com a saúde por causa dessa variação, que aumenta a incidência de doenças respiratórias, propagação de vírus e até problemas musculares. A tendência é de a temperatura continuar quente, com os dias ensolarados e sem chuva. A umidade relativa do ar estará entre 40% e 30%, aumentando a sensação de calor.

Hoje, os termômetros oscilarão entre 12ºC e 26ºC no Vale, 15ºC e 27ºC no Litoral Norte e 7ºC e 19ºC na Serra da Mantiqueira. De acordo com o Cptec (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos), a temperatura pode sofrer uma reviravolta no final de semana se uma frente fria que paira sobre o oceano vier para a região.

“As mudanças poderão ser mais significativas com a chegada da frente fria, trazendo chuva e queda na temperatura”, disse o meteorologista Felipe Farias. “Mas ainda não temos essa comprovação hoje (ontem).” Os nevoeiros continuarão aparecendo no início da manhã nas estradas da região. Na via Dutra, nove trechos dentro do Vale do Paraíba exigem atenção do motorista. A visibilidade pode cair para 100 metros em algumas situações.

O Vale