Untitled-3 Notícias
Publicado em 03/08/2012 às 09:12

Obras no Martins Pereira já são projetada na cidade

Após a confirmação de São José dos Campos como uma das 54 subsedes da Copa do Mundo de 2014, a Secretaria de Esportes da Prefeitura já se movimenta para adequar o estádio Martins Pereira aos padrões da Fifa. Segundo o secretário Sérgio Francisco Theodoro, o Théo, a entidade máxima do futebol ainda irá sugerir as melhorias que deverão ser feitas no estádio.

No entanto, já sabe-se que existe a necessidade de reformas de vestiários, arquibancadas e também implantação de câmeras de segurança. “Muita coisa também será sugerida pela comissão técnica da seleção escolhida”, afirmou.  Escolhido como centro de treinamento para uma das seleções que irão disputar o Mundial, o Martins Pereira já atende pelo menos um dos requisitos: a grama.

Preocupado com o clima brasileiro, o COL (Comitê Organizador Local) optou pela espécie Bermuda, que será o modelo padrão por se adaptar melhor ao país. “O Martins Pereira já usa esse tipo de grama”, disse Carlos Ignácio Trunkel, agrônomo da Prefeitura de São José.

O Martins Pereira foi inaugurado em 1970 e, desde então, não chegou a passar por nenhuma grande reforma, apenas obras pontuais. A capacidade atual é para cerca de 15 mil torcedores. O local conta ainda com 4 vestiários e uma pequena sala de imprensa.

A seleção que virá para São José será definida após as eliminatórias do Mundial, mas o hotel que irá hospedar atletas e comissão técnica já foi definido. Ele fica a cerca de 5km do estádio. “Fomos os únicos que apresentamos a estrutura necessária”, afirmou Franz Lehar, gerente geral do hotel quatro estrelas Promenade Enterprise. A Fifa ainda avalia a possibilidade do DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial), em São José, abrigar outra seleção.

O Vale