Espaço em Caçapava abre a Galeria Flamboyant

Postado em 21/07/2017 às 08:19

Espaço em Caçapava abre a Galeria Flamboyant para trabalhos do artista Kleber Marcellino, de Taubaté, e os registros históricos dos 50 anos da Catástrofe de Caraguatatuba.

Duas novas exposições chegam à Estação Casa Amarela como destaque do mês de julho. Trabalhos do artista plástico Kléber Marcellino e fotografias de “Lembranças do Cinquentenário da Catástrofe de 18 de março de 1967″, de Caraguatatuba, ocupam as salas da Galeria Flamboyant. A abertura das duas novas exposições acontecem na sexta-feira 21 de julho, às 20h, com entrada gratuita.

casa-amarela-foto

De Taubaté, vêm as pinturas do artista plástico Kleber Marcellino com trabalho que busca pela composição pictórica da sombra, tida como uma extensão da figura, mas que aqui, ganha papel de destaque, criando novas relações entre figura e representação sobre a obra.

casa-amarela-expo

No mesmo dia a parceria entre a Estação Casa Amarela e a Fundação de Educação e Cultura de Caraguatatuba (FUNDACC) traz um acervo riquíssimo de fotografias de episódio triste e marcante do Litoral Norte.

As fotos são parte do arquivo público do município e foram selecionadas pela FUNDACC como uma homenagem à cidade e à memória de quem vivenciou os deslizamentos de terra em 1967. Hoje, os registros são exposição e material para discussão sobre prevenção de desastres.

  • Arte humana e inclusiva

A proprietária Elda Varanda Dunley entende que essa exposição presta uma homenagem aos cidadãos e à reconstrução da cidade de Caraguatatuba. “Além disso, nós vamos promover a exibição do documentário, roda de conversa e lançamento de livro voltados para a prevenção de desastres no mês de agosto”, revela.

Para abertura, do dia 21 de julho, e todo o período expositivo, Elda ressalta o desejo de que o público seja sempre diverso. “O que eu tenho tentado fazer a cada exposição que a Estação Casa Amarela recebe é inserir a arte nos espaços de galeria de forma plural e reflexiva contribuindo para a formação pessoal e cultura da região”.

 

  • Estação Casa Amarela

Localizada na Vila São João, em Caçapava, a Estação Casa Amarela se consolida como um espaço de aprendizado plural, trazendo para região propostas artísticas de diversas partes do Brasil para se tornar um espaço de referência no Vale, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte. É um espaço dinâmico que se propõe a ser um ponto de convergência de arte e cultura na Região, bem como espaço para discussões em educação, saúde, meio ambiente, novas tecnologias, arquitetura e urbanismo, entre outras.

 

Serviço:
“Fagia” e “Lembranças do Cinquentenário da catástrofe de 18 de março de 1967″
Local: Estação Casa Amarela
Endereço: Rua José Ludgero de Siqueira, 30 e 32 – Vila São João
Caçapava – São Paulo
Data: 21 de julho, sexta-feira, às 20h

Assessoria de imprensa
Rafael (12) 99113-7943
casaamarela.imprensa@gmail.com

Faça um Comentário